Início >> Noticia >> Público infanto-juvenil participa da programação de aniversário da Seel
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Público infanto-juvenil participa da programação de aniversário da Seel

quinta-feira, 25 Abril, 2019
Quase 200 crianças e jovens de 15 escolas dos bairros do Benguí e Cabanagem, participam do Torneio da Juventude, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém, que encerra nesta sexta-feira (26), finalizando a programação de aniversário dos 20 anos de criação da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), a serem completados no próximo dia 28.
O evento resultou da parceria com o ParáPaz, com o objetivo, ainda, de incentivar a prática esportiva como inserção social. “Essa ação é muito importante, pois muitos desses jovens vêm de bairros que apresentam alto índice de violência e o esporte aparece como um caminho para um futuro em que se possa buscar sonhos e promover uma cultura de paz”, pontuou o gerente do Pólo Mangueirão do ParáPaz, Gabriel Cardoso.
 
Ana Beatriz, 12, se deparou pela primeira vez com o slackline (corda bamba) e gostou da experiência. “Nunca tinha visto. É muito bacana, adorei pular na corda”, contou. Para o instrutor Jefferson Braz, da Associação Paraense de Esportes Radicais, essa modalidade chama a atenção do público jovem justamente por ser diferente e desafiadora “Crianças e adolescentes gostam dessa nova prática esportiva que leva a um grande conhecimento do corpo. O equilíbrio em cordas chegou ao nosso país nos anos 1990 e, aqui no Pará, é praticado há quatro anos. Nosso trabalho neste evento é apresentar essa modalidade a esse público”, disse o instrutor, que ressaltou que o Brasil é o atual campeão mundial de trickline, que tem manobras bem mais elaboradas.
 
O torneio conta com competição de futsal, vôlei, queimada e basquete, além de oficinas de slackline, rapel e de lutas (taekwondo, jiu-jitsu, kickboxing, muai-thai e capoeira). Segundo o diretor técnico de Esporte e Lazer da Seel, Erivelto Pastana, o evento teve a participação de diversos profissionais de Educação Física que fazem parte da secretaria para a prática orientada dos exercícios e trabalhar a inclusão social por meio do esporte.
 
“O importante é levá-lo como meio de socialização para essas crianças e jovens. E toda essa programação alusiva aos 20 anos da secretaria vem de encontro com a nossa missão institucional”, afirmou o diretor da Seel.
 
Por Paula Portilho