Início da busca
Início do Conteúdo
Versão para impressãoEnvie por email

Novidade este ano na Caravana Pro Paz, o Id Jovem atingiu a marca de mil documentos emitidos neste fim de semana. Desde o início do mês, a Caravana Pro Paz Cidadania 2017 vem percorrendo municípios do nordeste paraense com serviços para a população. A caravana que já passou por Bragança, Augusto Corrêa, Tracuateua, Primavera, Quatipuru, São João de Pirabas, Santarém Novo e Salinópolis. Neste fim de semana, Cachoeira do Piriá recebe a ação, que chega, na terça (11) e quarta-feira (12), a Santa Luzia do Pará.

O Identidade Jovem (Id Jovem) é um programa lançado pelo governo federal em parceria com o governo do Estado e operacionalizado pela Fundação Pro Paz, que garante acesso a benefícios como meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, assim como passagens em sistema de transporte coletivo interestadual. O documento é destinado a pessoas com idade entre 15 e 29 anos, de família com renda mensal de até dois salários mínimos. Além disso, o jovem também tem de estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e essas informações devem estar atualizadas há pelo menos 24 meses. De acordo com a Secretaria Nacional de Juventude, mais de um milhão de jovens paraenses têm direito ao documento.

Arielle Valdez foi a primeira jovem a retirar o documento na Caravana Pro Paz em Bragança. Para ela, a identidade vai ajudar no acesso a eventos culturais e ao sonho de conhecer outros lugares do Brasil. “Meu maior interesse são as viagens e a entrada no cinema. Quero aproveitar o máximo possível esse benefício. Achei muito legal chegar até mim. Sempre quis conhecer outros Estados, e agora é a minha chance”, disse.

Denise Rodrigues, 29 anos, atendida pela caravana em Salinópolis, também tirou o Id Jovem. Com o documento em mãos, ela pretende levar o filho para conhecer a família em Manaus (AM). “Meu filho nasceu lá e nunca teve como conhecer a família. Ele tem 4 anos e não paga passagem, mas para ir com ele, eu tinha que pagar passagem, custo com o qual não tenho como arcar. Agora com o Id jovem vou leva-lo. Esse é um documento muito importante para nós. Estou muito feliz com essa iniciativa”, afirmou.

Oportunidades – “Para os jovens esse é um programa importante, principalmente para os que vivem no interior do Estado, que podem ter acesso à passagem interestadual. Na região metropolitana, certamente a meia-entrada em eventos culturais e esportivos vai ser um grande benefício e uma opção aos jovens para que possam conhecer mais sobre arte, esporte, lazer e cultura. O documento também é um avanço por ser emitido de forma rápida e gratuita, garantindo por lei os direitos do jovem”, explicou o presidente da Fundação Pro Paz, Jorge Bittencourt.

Em janeiro deste ano, dados da Secretaria Nacional de Juventude mostravam que apenas 300 pessoas haviam emitido o documento no Pará. Entretanto, a partir do processo de capacitação de agentes governamentais e sociedade civil, feito pelo programa Pro Paz Juventude e a secretaria em municípios-polo de diversas regiões paraenses, o número de jovens que garantiram a identidade subiu para mais de três mil nos últimos cinco meses.

Outra adolescente atendida pela caravana, em Primavera, foi Vanessa Maria da Silva, 17 anos. Ela contou que vai usar a carteira para, principalmente, obter meia-entrada em eventos esportivos. “Meus documentos oficiais estão em dia, mas vim em busca do Id Jovem, que pode nos beneficiar com muita coisa boa. Gosto muito de futebol, e agora vou a mais jogos”.

“O Identidade Jovem é um programa social que dá acesso ao jovem para a cultura, seja em eventos, teatros, cinema ou parque de diversão, pagando a metade do preço. Além disso, o jovem pode viajar de graça de um Estado a outro em veículos terrestres como trens, embarcações e ônibus, tudo garantido pela Lei 12.852. A intenção é começar a tirar do papel os direitos da juventude e efetivar essa política pública. O governo federal não consegue chegar sozinho a todos os Estados brasileiros, por isso contamos com a Fundação Pro Paz para chegar aos 144 municípios do Pará. As caravanas de cidadania da fundação são fundamentais para levar essa política para a juventude”, afirmou o secretário nacional da Juventude, Assis Filho.

Serviço: O cartão Id Jovem virtual pode ser gerado após a inclusão e a validação dos dados pessoais no aplicativo para smartphones ou no site do programa. Para os celulares, basta fazer o download do aplicativo e inserir os dados solicitados para gerar o cartão virtual, que fica salvo no próprio aplicativo. Pelo site o processo é semelhante. O jovem deve acessar o endereço do programa e informar os dados cadastrais. Após a geração do cartão virtual, deve salvá-lo como imagem e imprimi-lo. Na Caravana Pro Paz Juventudes há agentes e acesso à internet para cadastro no programa.

Por Mayara Albuquerque

PROPAZ Geral12, Agosto

População de Santa Bárbara recebe o Centro Integrado Pro Paz

Cultura, arte, educação, saúde e cidadania. Esses são alguns dos pontos primordiais para a construção de uma juventude...

Leia mais
PROPAZ Juventude08, Agosto

Fundação Pro Paz promove capacitação do Id Jovem em Marabá

A Câmara Municipal de Marabá, no sudeste paraense, sediou a capacitação do Programa Identidade Jovem (ID Jovem), do...

Leia mais
PROPAZ Juventude22, Junho

Programa Id Jovem vai atender mais de um milhão de pessoas no Pará

A Identidade Jovem (Id Jovem), documento que garante acesso a benefícios como meia-entrada em eventos artístico-...

Leia mais
PROPAZ Cidadania12, Junho

Caravana Pro Paz atende mais de 980 pessoas no primeiro dia

Iasmin da Silva, 14 anos, acaba de ser mãe. Seu filho, João Guilherme, tem apenas 18 dias. Nem a mãe nem o filho tinham...

Leia mais