Início >> Noticia >> Castanhal recebe Conferência Regional de Juventude do Rio Guamá
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Castanhal recebe Conferência Regional de Juventude do Rio Guamá

Neste sábado, 8, o Governo do Estado, por meio da Fundação Pro Paz em parceria com a Secretária de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) realizou a Conferência Regional de Juventude Rio Guamá, no município de Castanhal. O evento, que ocorreu no auditório do Instituto Federal do Pará (IFPA) campus Castanhal, foi a sétima das treze conferências que irão acontecer em todas as regiões do Pará com o objetivo de dialogar sobre políticas públicas para a juventude com as lideranças das regiões. Cerca de 190 jovens compareceram ao evento.

Incentivar o ingresso e a recolocação do jovem no mercado de trabalho, promover sua cidadania e garantir os direitos humanos, além de colocar a juventude para a participação e controle social na condição de protagonista do processo de construção da realidade. Estes são alguns objetivos pelos quais foram criadas as Conferências da Juventude, que este ano têm como tema “Juventude Paraense Conectada por Direitos”. A ideia é que durante as conferências regionais, as diferentes regiões do Estado possam criar suas propostas para que, durante a Conferência Estadual, estas propostas sejam agregadas ao plano Estadual da Juventude.

Para Rodrigo Amorim, 23 anos, morador de Santo Antônio do Tauá e conselheiro eleito em 2015, as conferências vem ganhando cada vez mais força. “Estes encontros são muito importantes porque é o lugar em que o Estado dialoga com a sociedade civil, com a juventude como um todo, ouvindo nossas necessidades e criando políticas públicas voltadas para a categoria. Cada vez mais temos recebido este apoio do Estado e mais jovens tem comparecido, o que fortalece este trabalho conjunto que estamos realizando”, afirma.

O evento foi dividido em duas partes. Pela manhã, foram realizadas as falas iniciais com as autoridades que compareceram e o almoço para os participantes. Pela tarde, os jovens foram separados em três Grupos de Trabalho para discutir três diferentes eixos de propostas para a região. Os eixos, que seguem o padrão temático da Conferência Estadual de Juventude são Juventude: Democracia, Participação e Protagonismo Juvenil; Plano Estadual de Juventude e Articulações das Politicas Públicas de Juventude. O primeiro eixo foi coordenado pelo Conselheiro Suplente de Juventude da Casa Civil, Henrique Cardias. O segundo eixo foi orientado pelo Coordenador de Juventude da Semed de Castanhal, San Cleiton Alves. O terceiro eixo contou com a coordenação do pesquisador e professor da UFPA de Castanhal, Frederico Paiva.

O coordenador do Pro Paz Juventude, Raimundo Rodrigues, destaca a importância da conferência na região. “A conferência do Rio Guamá é importante porque é um marco na materialização de políticas públicas de juventude na região. São 17 municípios que estão presentes aqui com o objetivo de unir-se para implementar o plano nacional de juventude e conseguir direitos. Não tenho dúvidas de que a conferência está sendo muito significativa e representativa, até por termos conselheiros nacionais de juventude eleitos que estão aqui ajudando e colaborarando em toda esta discussão”, explica.

Frederico Paiva, pesquisador sobre Politicas Públicas de Juventude da UFPA de Castanhal elogia a participação da sociedade no evento. “O maior problema da juventude é se sentir excluída de políticas para si. As conferências são de extrema importância por serem o começo da construção de uma história que não existia. Elas vem para atender as demandas da constituição e para que os jovens possam propor suas necessidades e cobrarem que sejam atendidas. É muito satisfatório ver que os jovens estão comparecendo em peso a esta oportunidade conquistada em parceria com o Governo do Estado”, afirma.

Pela tarde, ocorreu a eleição dos delegados. Para votar, o jovem precisava ser morador de um dos 17 municípios da região do Rio Guamá: Castanhal, Colares, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santa Maria do Pará, santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São Joao da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta e Vigia. Dos municípios, 51 delegados foram eleitos para representar a região na Conferência Estadual. A próxima conferência ocorrerá no município de Parauapebas, no dia 15 de agosto no Centro Universitário de Parauapebas. Em seguida, serão realizadas as conferências nas regiões Carajás, Araguaia, Capim, Marajó e Região Metropolitana de Belém. As datas ainda serão divulgadas.

Mayara Albuquerque
Fundação Pro Paz