Início » Noticia » Polo de Inclusão ParáPaz UFRA já possui mais de 500 cadastros
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Polo de Inclusão ParáPaz UFRA já possui mais de 500 cadastros

quarta-feira, 29 Maio, 2019

 

Na tarde de ontem, 28, a presidente da Fundação ParáPaz, Ray Tavares, fez uma visita técnica  em um dos polos da Fundação, localizado na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) para ver de perto as atividades e foi recebida pelo reitor da universidade, Marcel Botelho, que enfatizou a importância da parceria.

 
 
 
Foto: Laura Lima
 
“O programa é de suma importância para nós e tem o total apoio da instituição. Ele busca trazer crianças e jovens do entorno para atividades esportivas e culturais. E a universidade tem essa missão social. A formação aqui não é só profissional, é a formação do cidadão. E a ParáPaz traz a cidadania, o dever cívico de cada um. Por isso continuamos apoiando e tenho certeza que faremos muito mais ações juntos”, finalizou.    
 
Manuela Silva, 10 anos, faz aula de natação. Sua mãe, Fabiana Silva, conta que ela fica pronta antes mesmo do horário, aguardando ansiosa. “Ela é muito disciplinada, quer chegar cedo no treino. Me acorda quando estou dormindo pra não atrasar”. Manu, como é carinhosamente chamada por todos no polo, aprendeu a nadar nas aulas, aos 8 anos, e já ganhou medalha de ouro no campeonato interno e deseja ser atleta profissional um dia. “É o meu sonho!” finalizou. 
 
O polo já possui 544 pessoas cadastradas entre crianças, jovens e adultos. Oferece futebol, natação, balé, pilates, sala de leitura, brincadeiras educativas, entre outras. Recentemente lançado, o “Projeto Mãe”, que é voltado para grávidas em vulnerabilidade social, vai contemplar 24 gestantes com orientações sobre a importância do atendimento médico através do pré-natal.
 
Dentre as atividades, o balé, é sem dúvida, o mais procurado. São cerca de 180 crianças e jovens, de 5 a 17 anos, cadastrados. Para Elma Dias, 34, mãe de três filhos com idades entre 6 e 11 anos, o projeto é um incentivo muito grande ao esporte. Os três iniciaram no programa em fevereiro deste ano e Elma sempre acompanha a filha mais nova nas aulas de balé e gostou tanto que já se inscreveu para aulas de ioga. “Vai ser a minha vez de relaxar”.
 
Para Ray Tavares, presidente da ParáPaz, por estar localizada no bairro da Terra Firme, onde há alto índice de violência, a UFRA acaba atendendo a expectativa em trazer cada vez mais crianças e jovens do entorno para o projeto. “A proposta do governo, através dos territórios de paz, é justamente entrar com ações que venham diminuir a violência. Os projetos sociais que a instituição realiza em parceria com o ParáPaz, dão oportunidade às crianças, para sair da ociosidade, da periculosidade e também de acreditar que ela é capaz, de levantar a autoestima”, ressaltou. 
 
A fundação é responsável em desenvolver e alinhar políticas públicas voltadas à infância, adolescência, juventude e às pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social. Atualmente há 13 polos na Região Metropolitana de Belém e mais 2 que estão em andamento. As atividades acontecem de segunda a sexta-feira, de 8h às 11h e das 14h às 17h.
 
Por: Nathália Mota