Início >> Noticia >> Pro Paz Cidadania combate o sub-registro de nascimento em Augusto Corrêa
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Pro Paz Cidadania combate o sub-registro de nascimento em Augusto Corrêa

segunda-feira, 19 Março, 2018

Começou nesta segunda-feira (19) e segue até amanhã, 20, no município de Augusto Corrêa, na Região do Salgado, as ações do Pro Paz Cidadania. Os atendimentos à população ocorrem, simultaneamente, no Centro de Nazaré e no Instituto Casa da Fraternidade, no bairro Nazaré.

 

Os moradores da cidade puderam solicitar a emissão de registro geral (RG), CPF, Certidão de Nascimento (1ª e 2ª via), Identidade Jovem (Id jovem) e Identidade de Nome Social, assim como aconselhamento jurídico. A maior procura é por RG e Certidão de Nascimento, justamente um dos focos da caravana que é reduzir os sub-registros. “Estamos combatendo essa questão, porque há muitos cidadãos que são nascidos em Tracuateua, município próximo, mas não têm o registro válido ou os cartórios já não existem mais, ou ainda, nunca foram registrado. Então, queremos devolver a cidadania dessas pessoas emitindo a primeira via da Certidão de Nascimento, bem como oferecer os outros serviços gratuitamente e com emissão na hora”, disse o coordenador do Pro Paz Cidadania, Roberto Oliveira. 

A professora Michele Leandro explicou que nasceu em Tracuateua, mas descobriu que o seu registro de nascimento não é válido. “Vi no livro que minha certidão foi registrada que ela não é válido, por isso vim em busca desse serviço e também da emissão de RG e CPF, porque ingressei na faculdade e são documentos básicos para garantir minha vaga. A ação do Pro Paz veio num excelente momento, sou muito grata”, finalizou Michele. 

Parcerias 

A Fundação Pro Paz tem como parceiros a Secretarias Extraordinária de Municípios Sustentáveis e de Assistência, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), assim como Defensoria Pública do Estado do Pará, Polícia Civil e Secretarias Municipais de Assistência Social das cidades atendidas. “A Defensoria Pública é parceira de longa data, retificamos registros, emitimos Certidão de Nascimento, bem como fazemos aconselhamento jurídico e reconhecimento voluntário de paternidade. Eliminamos muito da burocracia e levamos um serviço bastante solicitado pela comunidade, como o do registro de nascimento e a retificação de dados”, pontuou a analista jurídica da Defensoria pública, Vilma Araújo. 

A previsão é a de que 2.500 pessoas sejam atendidas em Augusto Corrêa. A caravana Cidadania que já passou por Barcarena, Bragança e agora Augusto Corrêa, segue para Viseu (22 a 24), atendendo 3 vilarejos, posteriormente para Tracuateua (26 e 27) e Capanema (29 a 30 de março). De 2011 até então já foram mais de 2 milhões de atendimentos. 

Por Emanuele Corrêa