Início » Noticia » Servidores participam de aula profissionalizante em Universidade
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Servidores participam de aula profissionalizante em Universidade

sexta-feira, 7 Fevereiro, 2020

 

 

Durante quatro dias, cerca de 40 servidores da Fundação ParáPaz participaram do “Curso de Elaboração de Projetos Sociais e Captação de Recursos” oferecido em parceria com a Universidade da Amazônia (Unama). A capacitação foi voltada aos gerentes dos polos e ao departamento de coordenação de projetos.

“O curso possibilita uma melhor preparação dos profissionais pra estruturação de projetos corroborando com a real intenção do papel social no estado, através de políticas públicas de qualidade que façam a diferença, principalmente de captação de recursos”, afirmou Renan Freitas, técnico em gestão social e representante do comitê de articulação do curso.

As aulas foram ministradas de segunda a quinta-feira (02 a 06) pela professora dos cursos de serviços social e pedagogia, Altair Klautau, em uma sala da universidade, em Ananindeua, com carga horária de 16 horas. A professora promoveu aulas dinâmicas entre os alunos e destacou que a importância do conhecimento básico na elaboração de um projeto é necessidade atual, pois captar aliados hoje é um grande desafio, assim como oferecer uma atividade de geração de renda, esporte e lazer.

"O ponto de partida é definir o tipo de trabalho que será realizado, pois através de boas iniciativas a população tem acesso a serviços que buscam transformar positivamente a realidade, com ações que promovam melhoria na qualidade de vida, capacitação profissional, futura geração de emprego e renda e que possa gerar futuros multiplicadores", disse.

Oportunidade - Temos como exemplo o Projeto “Geração Digital”, lançado ano passado, que tem como objetivo capacitar jovens e adolescentes para o mercado de trabalho através de curso de informática básica e avançada, proporcionando aulas gratuitas nos polos e emitindo certificado de conclusão aos matriculados.

 

 

Lidando diretamente com a população, a gerente do polo UFPA, Rita Melo, absorveu várias teorias que podem ser aplicadas na prática diariamente no trabalho e conta que além dela, veio toda a equipe técnica, formada por psicólogo, assistente social e pedagogo. “Nós que estamos na ponta do atendimento conseguimos ver de perto a realidade de várias famílias e realizar ações que de fato atendam a realidade delas. Com isso, passamos as necessidades para a coordenação de projetos que vai unificar todas as demandas recebidas dos polos e construir algo a partir dessas informações”.

 

“O conhecimento adquirido aqui não servirá só em benefício da Fundação, mas também pra vida de vocês, por isso o aprendizado é tão importante. O projeto é o início, onde as ideias começam e podem mudar a vida de muita gente”, finalizou Ray Tavares, presidente da Fundação ParáPaz.