Início » Projetos » Bairros
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Bairros

Projeto Música e Cidadania está com inscrições abertas

11/02/2018

A Fundação Carlos Gomes (FCG) está com inscrições abertas para cursos de música nos 15 polos do Projeto Música e Cidadania. As aulas são ministradas em paróquias, sedes de organizações não governamentais e associações assistenciais localizadas em diversos bairros da região metropolitana de Belém. As inscrições podem ser feitas até o dia 02 de março nas instituições parceiras.

Criado em 1999, o 'Música e Cidadania' surgiu como uma forma de descentralizar o ensino musical do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG), que a cada ano recebe um número maior de candidatos interessados em aprender a tocar um instrumento. O projeto ajuda a descobrir talentos e possibilita que jovens oriundos dos polos possam, posteriormente, participar da seleção para os cursos regulares ofertados pelo IECG.

‘Nesses 19 anos o que temos percebido é que nossas ações têm propiciado a real democratização da educação musical. Por meio desse projeto, temos possibilitado tanto o acesso dos alunos ao ensino musical como o exercício da docência para os alunos do IECG. Trabalhamos diretamente com crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social e chegarmos a essas comunidades por meio de convênios com as ONG’s. Contribuímos também para a formação de plateia. É uma transformação que ocorre na comunidade, tanto para o aluno quanto para as famílias, que começam a perceber o valor da música", detalha o cantor Reginaldo Viana, coordenador do projeto.

Atualmente, existem 15 polos de educação musical do Projeto Música e Cidadania. Quatro deles são fruto da parceria com o Ministério Público do Trabalho, outros quatro abertos em parceria com a Fundação Pro Paz e sete em parceria com organizações não governamentais. Nos polos do Pro Paz estudam alunos de até 15 anos e nos locais atendidos por ONG's recebemos jovens na faixa até 18 anos. Há também polos, como o que funciona na Associação Paraense de Pessoas com deficiência (APPD), onde não há limite de idade para aprender a tocar um instrumento musical.

Equipe - Para viabilizar o projeto, a FCG tem uma equipe formada por um professor coordenador, um técnico, um auxiliar e duas assistentes sociais, que atuam diretamente nas ações. O corpo docente é formado por aproximadamente 35 professores (com formação de nível superior, musicistas e bolsista do nível técnico e bacharelado). Cada polo tem sua equipe de coordenação, assistentes administrativos e/ou técnicos que colaboram na execução das atividades.

‘Para as famílias é muito importante contar com essa iniaciaitiva porque ela ajuda a fortalecer os vínculos familiares, abre a possibilidade de novos projetos de vida e de convivência com outras pessoas, além de fomentar o ensino da música. E isso tudo tem reflexos no comportamento desses jovens, na relação com os pais e na educação formal, porque eles aprendem a ter mais disciplina, mais concentração e mais dedicação. Ou seja, influencia na vida como um todo", explica Ana Mara, assistente social da Fundação Carlos Gomes, que atua diretamente com as instituições parceiras do projeto.

Convênios - Em 2017, a Fundação Carlos Gomes firmou convênio com o Ministério Público do Trabalho para aliar o projeto Música e Cidadania ao projeto de reinserção social para adolescentes em conflito com a lei. Por meio dele foram criados quatro polos:

ADRA (Una): Jovens da região metropolitana de Belém em conflito com a lei;

Vila da Barca (Telégrafo): Crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social da Vila da Barca, Barreiro, Pratinha, Telégrafo, Sacramenta e Icoaraci;

APPD (São Brás): Pessoas com deficiência associados da região metropolitana de Belém, jovens e adultos de bairros diversos com idade até 70 anos.

Centro de Estudos e Defesa do Negro no Pará - Cedenpa (Cremação): Cremação, Jurunas, Condor, Guamá, Batista Campos e Nazaré (área periférica).

No ano passado, o projeto atendeu 2223 alunos nos polos espalhados pela região metropolitana de Belém. De 2011 até hoje, 17.600 jovens passaram pelas aulas de educação musical proporcionadas pelo projeto.

O trabalho de educação musical nos polos

Os polos iniciam com atividades de sensibilização musical, que permite aos alunos o conhecimento musical básico por meio da musicalização. Cada turma tem 20 alunos e carga horária de duas horas semanais. Após essa etapa, os alunos passam a ter acesso aos instrumentos musicais escolhidos no ato da matrícula.

Serviço: Inscrições até o dia 02 de março nos polos do projeto Música e Cidadania.

Início das aulas (para alunos novos): 05/03/2018

Recital de início das aulas (boas-vindas): 12/03/2018, no Instituto Estadual Carlos Gomes.

Por Rosa Cardoso

Português, Brasil

Carnapaz alerta para segurança de crianças e adolescentes

09/02/2018

A programação do Carnapaz, projeto que ofereceu conhecimento sobre a cultura do Carnaval e orientações sobre segurança para crianças, adolescente e seus responsáveis, foi encerrada nesta sexta-feira (09) nas comunidades dos Polos Pro Paz nos Bairros (PPB) e Unidades Integradas Pro Paz (UIPPs) da Região Metropolitana de Belém.

Português, Brasil

Profissionais do Pro Paz nos Bairros são integrados durante seminário

19/01/2018

A Fundação Pro Paz acolheu, na manhã desta sexta-feira (19), 40 novos arte-educadores, que agora integram o time do Projeto Pro Paz nos Bairros. Eles passam a atender as demandas dos seis polos e a trabalhar em parceria com os projetos Pro Paz Cidadania, Mover, Diversidade, UIPP, Integrado, Mulher, Escola e Juventude.

Português, Brasil

Festival de dança consagra trabalho da Fundação Pro Paz

08/12/2017

O ballet Caminhos, formado por ex-alunos da Fundação Pro Paz, conquistou o primeiro lugar em duas categorias na modalidade "Dança Contemporânea", do 26º Festival Dança Pará, que ocorreu entre os dias 2 e 8 dezembro. No último dia de apresentações, o grupo venceu no Solo Masculino e na apresentação em Conjunto Adulto.

Português, Brasil

Alunos do Pro Paz ganham espaço para treinar futebol

01/11/2017

Na manhã desta quarta-feira (01) a Fundação Pro Paz por meio do Pro Paz nos Bairros assinou um termo de cooperação com a Federação Paraense de Futebol - Centro da Juventude (FPF-CEJU), que visa não só o retorno das atividades esportivas no campo de futebol do Centro de Treinamento da Juventude, construído pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), pelos alunos dos polos; mas também a ampliação do uso do espaço. O espaço é um legado da Copa em Belém, foi cedido ao Governo do Estado para que as crianças e adolescentes façam aulas com profissionais capacitados.

Português, Brasil

Distrito de Outeiro ganha o segundo polo do Pro Paz nos Bairros

12/10/2017

A manhã desta quinta-feira (12), Dia das Crianças, foi marcada por brincadeiras e muita animação por conta da inauguração de mais um polo do programa Pro Paz nos Bairros no distrito de Outeiro, que passa a funcionar no Clube dos Oficiais do Corpo de Bombeiros, localizado no bairro Itaiteua. Com isso, a Fundação Pro Paz amplia o alcance do programa, levando atividades de esporte, lazer e cultura para um número maior de crianças e adolescentes da ilha.

Português, Brasil

Fundação Pro Paz abre cadastro de reserva para arte educadores

06/09/2017

Está aberto o edital de credenciamento para Arte Educadores da Fundação Pro Paz. O objetivo do edital é compor o quadro reserva de prestadores de serviço em todo o Estado do Pará da Fundação Pro Paz, visando futuras contratações, seguindo a ordem de classificação dos candidatos, de acordo com as necessidades e disponibilidade financeira da Fundação. O edital e seus anexos estão disponíveis nos endereços eletrônicos: www.compraspara.pa.gov.br e www.propaz.pa.gov.br.

Português, Brasil

Fundação Pro Paz abre cadastro de reserva para arte educadores

09/01/2018

Está aberto o edital de Credenciamento para Arte Educadores da Fundação Pro Paz. O objetivo do edital é compor o quadro reserva de prestadores de serviço em todo o Estado do Pará da Fundação Pro Paz, visando futuras contratações, seguindo a ordem de classificação dos candidatos, de acordo com as necessidades e disponibilidade financeira da Fundação.O edital e seus anexos estarão disponíveis no endereço eletrônico: www.compraspara.pa.gov.br e www.propaz.pa.gov.br .

Português, Brasil

Alunos do Pro Paz ganham espaço para treinar futebol

01/11/2017

Na manhã desta quarta-feira (01) a Fundação Pro Paz por meio do Pro Paz nos Bairros assinou um termo de cooperação com a Federação Paraense de Futebol - Centro da Juventude (FPF-CEJU), que visa não só o retorno das atividades esportivas no campo de futebol do Centro de Treinamento da Juventude, construído pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), pelos alunos dos polos; mas também a ampliaçã

Português, Brasil